Um tipo de tumor intracraniano comum que compromete a audição é o schwannoma vestibular ou neurinoma do acústico. Ele surge a partir do crescimento descontrolado das células que revestem o nervo do equilíbrio e audição. Isto acaba ocasionando uma progressiva perda dificuldade para escutar (geralmente de um lado só) acompanhado de zumbido e tontura. Em casos mais avançados pode ocorrer alteração do caminhar, perda da força em um lado do corpo, dor de cabeça e até mesmo risco de parada respiratória. O tumor, que na maioria das vezes é benigno, pode ocorrer isoladamente ou associado a uma síndrome chamada neurofibromatose. O diagnóstico tende a ser tardio pela evolução lenta dos sintomas. Apenas em uma pequena parte dos pacientes ocorre a perda súbita da audição. O diagnóstico é realizado através de exames de imagem, como a ressonância magnética por exemplo. Segundo a avaliação do especialista – neurocirurgião ou otorrinolaringologista, é indicado o tratamento que pode variar desde de acompanhamento da lesão com exames de imagem até indicação de cirurgia ou radioterapia (radiocirurgia). Quanto menor o volume da lesão ao diagnóstico, maiores são as chances de cura e controle, com menor risco de sequela.

Assim sendo, ao menor sinal de perda da audição associada a zumbido e tontura, procure um especialista para avaliação.

Escute seu cérebro!

Leave a Reply

O seu email não será publicado Campos com * são obrigatórios

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

clear formSubmit